Pages

LICENÇA

I- É terminantemente proibida a cópia total ou parcial das postagens neste blog.
II- Você pode citar trechos das postagens publicadas aqui desde que inclua um link de referencia ao blog "Enfermagem Continuada", dando os créditos de autoria a mim Enfª Ana Carolina Palmieri.
III- Lei 9610 - artigo 184 do Código Penal brasileiro.
Autora: Ana Carolina Palmieri - Enfermeira.

Hemocultura é um exame que pesquisa bactérias no sangue através do uso meios de cultura específicos. A cultura do sangue é um dos exames bacteriológicos mais importantes, porque o achado de microorganismo é geralmente bastante significativo. Sabe-se que a partir do sangue as bactérias podem atingir qualquer sítio do organismo, produzindo o que se chama de focos infecciosos, podendo agravar o quadro clínico e até mesmo levar a óbito. As bactérias responsáveis pela infecção podem ser identificadas pela realização da hemocultura e são úteis no diagnóstico etiológico e na escolha da terapia.

Material:

  • Luvas de procedimento.
  • Seringa de 5 ml.
  • Scalp (calibre adequado).
  • Agulha 25 x 8.
  • Álcool a 70%.
  • Algodão.
  • Garrote.
  • Frasco para hemocultura.
  • Adesivo absorvente.
Descrição da Técnica:
  • Lavar as mãos.
  • Separar o material.
  • Orientar o cliente e/ ou o acompanhante sobre o que será feito.
  • Posicionar o cliente confortavelmente.
  • Observar as condições da rede venosa periférica dos membros superiores, dando preferência a veia mediana da fossa cubital devido ao seu calibre.
  • Caso o cliente tenha condições de responder, pergunte em qual braço ele costuma colher.
  • Garrotear o membro.
  • Calçar as luvas de procedimento.
  • Realizar anti-sepsia no local com álcool a 70%.
  • Puncionar a veia com scalp em um ângulo de 45º, com o bisel voltado para cima.
  • Ao puncionar, o sangue refluirá para a extensão do scalp para a seringa.
  • Desgarrotear o membro.
  • Aspirar o volume adequado de sangue para realizar os exames laboratoriais.
  • Retirar o scalp da veia.
  • Se possível oriente o cliente a pressionar o local da punção com uma bola de algodão seco, sem massagear ou dobrar o braço para evitar hematomas.
  • Logo após a compressão, coloque o adesivo absorvente.
  • Cuidadosamente, retire o scalp da seringa.
  • Transfira o sangue para o frasco de hemocultura com a agulha 25 x 8, homogeneizando a amostra, com movimentos circulares.
  • Retirar as luvas de procedimento.
  • Colocar a etiqueta com os dados de identificação do cliente.
  • Recompor a unidade.
  • Lavar as mãos.
  • Encaminhar a amostra ao laboratório.
  • Anotar o procedimento em impresso próprio, no prontuário do cliente.
Obs. A primeira amostra de hemocultura deve ser coletada antes de iniciar a antibioticoterapia e de preferência, no momento em que o cliente/ paciente estiver com febre (pico febril). Há situações que o médico solicita para colocar a amostra de sangue coletada, em dois frascos de hemocultura para assegurar o resultado. A quantidade de amostras e o tempo de intervalo entre elas são determinados pelo médico.

POSTAGENS POPULARES

TOTAL DE VISITAS

 
Copyright (c) 2010 ENFERMAGEM CONTINUADA. Design by WPThemes Expert

Themes By Buy My Themes and Direct Line Insurance.