Pages

LICENÇA

I- É terminantemente proibida a cópia total ou parcial das postagens neste blog.
II- Você pode citar trechos das postagens publicadas aqui desde que inclua um link de referencia ao blog "Enfermagem Continuada", dando os créditos de autoria a mim Enfª Ana Carolina Palmieri.
III- Lei 9610 - artigo 184 do Código Penal brasileiro.
Autora: Ana Carolina Palmieri (Enfermeira)

É um conjunto de procedimentos e cuidados que tem por finalidade administrar os medicamentos prescritos por via oral a um paciente sob tratamento médico, com o máximo de segurança e controle de riscos.


Material:
Via Oral
  • Bandeja de inox.
  • Copo pequeno descartável, com medicação a ser administrada (se a medicação estiver fora da embalagem), identificado com nome do cliente, nome da medicação, leito e horário.
  • Copo com água filtrada.
  • Canudinho s/n.
  • Macerador de comprimido s/n.

Via Oral Através de Sondas (Nasogástrica ou Nasoenteral)
  • Seringa descartável de 20 ml.
  • Dieta.
  • Equipo para administração da dieta.
  • Água filtrada para lavagem.
Descrição da Técnica:
Via Oral
  • Absorção e início dos efeitos: cerca de 30 minutos.
  • Lavar as mãos.
  • Reunir o material e levar ao leito do cliente.
  • Orientar o cliente e/ ou o acompanhante sobre o que será feito.
  • Colocar o cliente em decúbito dorsal, elevado 45º.
  • Oferecer ao cliente a medicação conforme orientação em prescrição.
  • Oferecer água ou líquido indicado ao cliente, orientando para este colocar a medicação na boca.
  • Permanecer com o cliente até que toda a medicação seja tomada.
  • Recompor o cliente e a unidade.
  • Recolher o material.
  • Realizar lavagem básica das mãos.
  • Verificar após 30-60 minutos em média, a ocorrência de efeitos desejados e colaterais.
  • Anotar procedimento em impresso próprio, no prontuário do cliente.
Via Oral Através de Sondas (Nasogástrica ou Nasoenteral)
  • Quando SNG: verificar se não há conteúdo gástrico com dieta do horário anterior, aspirando com a seringa de 20 ml e verificando retorno (teste de refluxo).
  • Introduzir dieta gota a gota, através do equipo ou bomba de infusão, atentando para a velocidade prescrita, evitando administrações rápidas para prevenir diarréias.
  • Ao término da dieta, realizar higienização da sonda através de lavagem com água filtrada em seringa ou por gavagem (atentar para restrições hídricas).
  • Anotar procedimento em impresso próprio e comunicar intercorrências ao Enfermeiro de plantão.

POSTAGENS POPULARES

TOTAL DE VISITAS

 
Copyright (c) 2010 ENFERMAGEM CONTINUADA. Design by WPThemes Expert

Themes By Buy My Themes and Direct Line Insurance.